...

"Todo sonho é uma derrota em potencial. Para não o realizar, basta manter-se parado. - Argus Caruso Saturnino"

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Pedal Guarujá – SP

Pedal Praia do Guaiúba até a Praia do Perequê
10/05/2009

Depois dos passeios que eu e o Roger fizemos, a Praia de Pernambuco e ao Rio Quilombo no feriadão do dia do trabalho, (dias 01 e 03 de Maio) que marcou o nosso retorno ao pedal depois de quase um ano e meio... Que só não foi perfeito, por conta de um pequeno tombo na volta, onde o Roger machucou o dedão da mão esquerda, o que o deixou de molho durante toda essa semana e ainda vai deixar por mais alguns dias.

Então procurei pedalar durante a semana uma média de 22 km por dia, para poder estar melhor preparado para o final de semana, e com o Roger no estaleiro, planejei pedalar sozinho até o Guarujá, mas na quinta-feira recebi a notícia que os primos da minha esposa (que considero como meus primos) que moram em Curitiba, passariam o final de semana com a gente. E logo convidei o Bruno para um pedal para o Guarujá.

No sábado a noite logo que o Bruno chegou de Curitiba, começou a chover e fiquei meio apreensivo com a possibilidade da chuva não passar, consultei a previsão pela internet... E existia uma pequena possibilidade de chuva (10%). Combinamos de acordar as 06:30 para ver como ia estar o tempo, e ao amanhecer para a nossa sorte não estava chovendo e o asfalto estava seco, então meia hora depois saímos de casa.

Praia do Gonzaguinha, São Vicente... Início do passeio, menos de 1km pedalado.

Temperatura muito agradável e o dia prometia ser muito bonito.

Monumento aos ciclistas, ciclovia da Praia do Itararé, São Vicente.

Ciclovia no Emissário Submarino em Santos.

Emissário Submarino... Vista da Ilha de Urubuqueçaba – Santos, Praia do Itararé e Ilha Porchat – São Vicente.

Ilha de Urubuqueçaba

Escultura da artista plástica artista plástica Tomie Ohtake, para a comemoração do centenário da imigração japonesa.

Instalações esportivas do Parque Municipal Roberto Mário Santini no Emissário Submarino.

Um lindo amanhecer, prova que realmente o dia prometia! E tinha tudo para ser excelente para pedalar!!!

Travessia de balsa (Santos – Guarujá)...

Na balsa tinha dois grupos de biker's de Santos e durante a travessia um deles o Jorge (o Jgur como é conhecido no fórum do site www.pedal.com.br), veio conversar comigo e para minha surpresa ele perguntou se eu era o Viní-sv do fórum, e disse que tinha visto o relato do passeio que eu tinha feito c/ o Roger... Nos convidou a acompanhar o grupo, mas como estou bem fora de ritmo e queria fazer um pedal num ritmo bem sossegado e aproveitando o máximo a paisagem, acabei agradecendo o convite, e disse que ia ficar para uma próxima oportunidade. Pena que na hora, nem lembrei de bater uma foto com o Jorge, mas com certeza oportunidade para isso não vai faltar!

Praia do Guaiúba

Caminho entre a Praia do Guaiúba e a Praia do Tombo.

Forte dos Andradas, próximo a Praia do Tombo.

Praia do Tombo

No caminho para a Praia das Astúrias, avistei a subida do morro e perguntei p/ o Bruno se estava com animo p/ encarrar a subida e ele disse que sim...

Então subimos e fomos recompensados com essa maravilhosa vista da Praia do Tombo.

Obs. Subi no ritmo do devagar e sempre, ainda mais com a ferrugem desse tempo todo que fiquei parado.

Depois de alguns minutos apreciando a vista, descemos o morro, pois ainda tinha muito a ser visto.

Praia das Astúrias.

Para quem gosta de uma cervejinha, olha o tamanho dessa!!!
Propaganda de um dos patrocinadores do Super Surf que estava sendo realizado na Praia de Pitangueiras.


Praia da Enseada.

Vamos pedalar tudo isso??? Até Pernambuco??? Perguntou o Bruno...
Calma não é o Estado e sim a Praia de Pernambuco no Guarujá.

Portal do Condomínio Sorocotuba.

Quase chegando a Praia de Pernambuco, resolvi mostrar para o Bruno o lugar onde tomei o meu maior tombo de bicicleta, o final da trilha que existe no Morro do Sorocotuba e termina próximo a um acesso a Praia de Pernambuco.

Nesse local (foto acima) dois anos antes, tinha uma corrente esticada de ponta a ponta e eu vinha descendo embalado (uns 45km/h), e não sabia da existência da mesma, e quando a vi não tinha como parar, então tentei pular a mesma, a roda da frente passou, mas a de trás não! E acabei sendo ejetado da minha bike e fui parar uns 4 a 5 metros mais a frente... Fiquei com vários ralados e ematomas no lado direito (braço, ombro e cintura) e com o pulso direito aberto, fora os danos na bike (Banco rasgado e torto e roda empenada)

A Corrente ainda estava lá, mas desta vez jogada no chão, bem que poderia estar assim no dia que tomei o tombo.

Mas voltando ao passeio...

Praia de Pernambuco, próximo a Ilha do Mar Casado...

E para a minha surpresa a maré estava muito baixa, sendo possível chegar a mesma de bike.


Panorâmicas da Praia de Pernambuco, próximo a Ilha do Mar Casado com a maré baixa.

Ilha do Mar Casado.

Pedalamos um pequeno trecho pela praia e logo voltamos para o asfalto.

Seguindo pela SP-61, sentido Praia do Perequê.

Rio que desagua na Praia do Perequê.


Praia do Perequê, até aqui foram 39,5 km de pedal, então resolvemos retornar, pois como era dia das mães e não pretendíamos perder o almoço.

Como esquentou muito em relação ao horário que tínhamos saído; a água que a gente levou já estava praticamente no fim... O jeito foi apelar para essa bica que está a beira da SP-61, segundo o Sr. que aparece na foto enchendo um garrafão e que mora na região: "a água daqui é boa, pode confiar".

Como o tempo estava meio curto, não voltamos pelas praias para ganhar tempo.

Esperando a balsa para Santos, que estava chegando.


Travessia da balsa.

Bruno já apresentando um pouco de cansaço, após aproximadamente 55km de pedal.

Ciclovia na Ponta da Praia, Santos.

Fortaleza da Barra, vista da ciclovia.

Ciclovia da Praia, Santos

Ciclovia da Praia do Itararé, São Vicente.

Foi a 2ª vez que pedalei junto com o Bruno, e foi um passeio bem legal em ritmo de passeio, foi uma pena o Roger não ter participado, por estar com a mão machucada.



Mapa do Passeio:



Números do passeio:
                                 - 68 km de pedal (média de 18km/h).
                     Baixas:
                                 - Nenhuma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário