...

"Todo sonho é uma derrota em potencial. Para não o realizar, basta manter-se parado. - Argus Caruso Saturnino"

terça-feira, 27 de julho de 2010

Pedal Rio Pilões – Cubatão

Pedal Rio Pilões
18/11/2007


Domingão, tempo ensolarado e lá estávamos nós de novo (Eu e o Roger), após o meu pedal solo de 200 km (SimulAudax), o destino agora seria o Rio Pilões em Cubatão.

E com menos de 5 km de pedal, um pneu furado e desta vez foi o meu...

Placar de pneus furados agora esta empatado Roger 1 X 1 Vinícius.

E fazia muito tempo que não acontecia comigo, rodei aproximadamente 4600 km sem nenhum furo, devido as fitas anti-furo e excelentes pneus Maxxis Wormdrive.

Camara trocada então continuamos o nosso passeio para o Rio Pilões.
Rodovia dos Imigrantes, São Vicente.

Ponte sobre o Rio Casqueiro, divisa São Vicente – Cubatão, sempre fico um pouco apreensivo quando estou atravessando esta ponte, por não ter acostamento e pelas finas que alguns motoristas tiram da gente, uma verdadeira falta de respeito com nós ciclistas.

Ao chegarmos ao viaduto estaiado, saímos da Rodovia dos Imigrantes e pegamos a interligação e a Via Anchieta...

Onde seguimos por 2 km no acostamento da contra mão, até chegar a passarela de pedestres que cruza a Anchieta, onde ai sim seguimos pelo acostamento da mão de direção certa.

Seguimos pela Anchieta até o trevo de acesso para a Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, onde não pedalamos nem 200 m e entramos no Caminho de Pilões, que no seu início tem uma unidade da refinaria da Petrobras, e logo em seguida corta um bairro com casas bem humildes, um trecho de aproximadamente 700 m, era a segunda vez que estava passando ali e o Roger a primeira vez, apesar dos olhares curiosos dos moradores, não tívemos nenhum problema, digo isso pois já tinha lido na internet alguns relatos de furto de bike nessa região.

Caminho de Pilões após passar pela Petrobras e pelo bairro citado acima.

Roger no Caminho de Pilões.




Enormes pilastras dos viadutos da Rodovia dos Imigrantes que passam por cima do Caminho de Pilões.

Rio Pilões e ao fundo a Serra do Mar e um enorme viaduto da Rod. dos Imigrantes.

E após passarmos por baixo dos viadutos da Imigrantes, e seguirmos em frente pelo Caminho de Pilões, estamos cercados de muito verde e belas paisagens do Vale do Rio Pilões.

Roger esperando eu bater umas fotos e apreciando a paisagem

Caminho de Pilões

Estávamos decididos a ir até onde desse para pedalar no Caminho de Pilões, volta e meia passávamos por algumas residências e até um bar com um lago ao lado, que ficam a beira do caminho.

Rio, serra e muito verde... Um verdadeiro paraíso!

E com poucos km percorridos o caminho ia se fechando e ficando mais estreito.


Pequeno riacho que corta o Caminho de Pilões.

Placa indicando que estávamos dentro do Parque Estadual da Serra do Mar – Núcleo Itutinga Pilões.

E logo após esse riacho o caminho virou trilha e mais a frente acabamos chegando em umas casas e resolvemos não seguir mais adiante, pois poderíamos estar invadindo a propriedade alheia.

Dos viadutos da Imigrantes que passam por cima do Caminho de Pilões, até onde fomos mata a dentro, para a nossa tristeza foram apenas aproximadamente 6 km, mas para a nossa felicidade com belas paisagens!!!

Riacho, desta vez voltando e parada para reabastecer as caramanholas.

E como o dia estava muito quente, resolvemos tomar um banho de rio, no local onde tínhamos escolhido parar, tinham dois caras meio estranhos e resolvemos seguir mais adiante...

E entramos nessa trilha que fica em baixo dos viadutos da Imigrantes.

E ficamos por mais de meia hora, nessa praia de rio, em baixo da Rod. dos Imigrantes, com carros e caminhões passando a 60 m acima da gente.

Após um belo banho de rio, tava na hora de voltar.

Mais fotos dos viadutos da Imigrantes

E na volta, decidimos pegar esse atalho que sai no início de um dos viadutos da Rodovia dos Imigrantes, evitando a necessidade de passarmos pelo bairro no início do Caminho dos Pilões e também pela Via Anchieta, e também encurtando alguns kms o nosso retorno para casa.

Subindo por esse caminho chegasse neste ponto da Rod. dos Imigrantes...

E com essa vista. (fotos acima)

Pedalando e esperando uma brecha para sair do canteiro central e pegar o acostamento da pista descendente da Imigrantes.

Parada na antena para tirar fotos (abaixo)...


Vista da Baixada Santista, para quem acaba de descer a serra.

Passando por cima da Rod. Padre Manoel da Nóbrega.

Viaduto estaiado, Imigrantes.

Ponte sobre o Rio Casqueiro, chegando em São Vicente (última foto do passeio).

Saímos da Imigrantes no primeiro semáforo da Imigrantes, chegando em São Vicente, passamos pela Rua Frei Gaspar, Caminho dos Barreiros e ciclovia da linha amarela e assim chegava ao fim mais um bom passeio pela nossa região.

Mapa do passeio:


- informações sobre Parque Estadual da Serra do Mar – Núcleo Pilões:
http://www.cidadespaulistas.com.br/prt/map-tematico/mp-pq-estadual-27.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/N%C3%BAcleo_Pil%C3%B5es#Acesso

-Informações da Rodovia dos Imigrantes: